4 passos importantes da tecnologia nos negócios

Tecnologia – Para que uma fábrica, escritório ou comércio assegure toda a proteção necessária para os colaboradores e clientes, é necessário muito mais do que apenas colocar um sistema contra incêndios e uma sinalização de segurança para casos de emergência.

Sejam para proteger dados, garantir mais assertividade para os processos produtivos ou até mesmo para oferecer um atendimento mais otimizado, as tecnologias surgem como grandes aliadas de pequenos, médios e grandes negócios.

Para te ajudar a entender melhor sobre como elas atuam e os benefícios que podem trazer a curtos, médios e longos prazos, separamos algumas das inovações queridinhas do mercado. Continue acompanhando esse artigo e saiba mais!

1. Tecnologia de computação em nuvem

Suponhamos que você trabalhe como redator freelancer e escreva para diversas companhias da área da construção civil, desenvolvendo conteúdos sobre piso industrial, lajes pré-moldadas, técnicas de Dry Wall, dentre vários outros temas.

Em um certo dia, você recebeu a demanda de um post sobre: “Construção de uma empresa: da base até o acabamento” e decidiu realizar as pesquisas nos arquivos que já havia escrito. Porém, você mudou de computador e não tem mais acesso fácil e gratuito a eles.

Com certeza, isso seria muito frustrante! A computação em nuvem surge exatamente para evitar esses tipos de problemas, pois guarda as informações, dados e documentos com segurança em um ambiente online, que pode ser acessado de diferentes locais.

Ah, é válido citar que isso também é ideal para empresas que atuam com o compartilhamento constante de dados entre os colaboradores, podendo otimizar a realização de diferentes tarefas e, consequentemente, otimizar as entregas.

2. Tecnologia em inteligência artificial

A inteligência artificial é um termo muito utilizado na atualidade. Mas afinal, você sabe o que ele realmente significa? Da maneira mais simples de explicar, a tecnologia permite a tomada de decisões sem a necessidade de interferência humana.

Não só isso, ela ainda é perfeita para identificar e traduzir falhas de sistemas, até mesmo as que passam despercebidas, como o aumento de poucos segundos na atuação de um elevador, por exemplo. Assim, é possível corrigir pequenos erros antes que se tornem grandes problemas.

3. Internet das coisas

Uma pequena padaria dificilmente contará com funcionários suficientes para atender o balcão e prestar atenção na produção dos pães feitos no forno elétrico de embutir. No entanto, a falha em qualquer uma das atividades poderia ser péssima para os negócios e causar grandes prejuízos.

Com a internet das coisas, conhecida popularmente pela sigla IoT, você consegue realizar a interconexão de objetos, equipamentos e máquinas com a internet, permitindo que você consiga ter um controle dos processos mesmo à distância.

4. Cobots e chatbots

Talvez você nunca tenha ouvido falar sobre esses dois termos especificamente, mas provavelmente sabe o que eles significam ou já viram o seu funcionamento. Explicando cada um de maneira individual, o primeiro refere-se a robôs colaborativos, que auxiliam tarefas repetitivas, difíceis ou de muito esforço físico.

Enquanto isso, o segundo, e mais popular no Brasil e no mundo, diz respeito a tecnologia capaz de simular conversas humanas em um chat. Assim, é possível que os clientes tenham suas dúvidas solucionadas sem nem ao menos precisar colocar um colaborador para realizar a atividade.

Contudo, a utilização dessas duas tecnologias devem ser feitas com muito cuidado. Isso porque nem mesmo o mais tecnológico robô consegue solucionar com precisão tudo o que um cliente necessita, fazendo com que o atendimento humanizado ainda seja de vital importância!

Gostou do nosso post com 4 passos importantes da tecnologia nos negócios? Então compartilhe com os colegas e deixe o seu comentário!

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Larissa Rhouse,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.

Gostou do conteúdo Sobre tecnologia? Clique aqui e tenha outras informações em nossa categoria.

Reply