noComentários

8 dicas para escolher o imóvel certo para alugar

Alugar um imóvel nem sempre é uma tarefa simples, sendo primordial contar com a ajuda de uma imobiliária. Isso porque, é importante fazer uma análise de suas necessidades e preferências, assim como considerar sua saúde financeira, mas nem todo mundo tem esse conhecimento. Contudo, ao ter o suporte de especialistas, o processo se torna mais fácil, sendo que o aluguel representa para muitos, a tão sonhada independência. Portanto, se você está à procura de um apartamento, continue acompanhando o post de hoje e veja 8 dicas para escolher o ideal.

1. Saiba quanto você pode pagar

Um dos primeiros pontos é considerar sua saúde financeira, analisando quanto você pode desembolsar por mês sem pesar no restante do orçamento. O ideal é que o valor do aluguel corresponda a, no máximo, 30% do salário líquido. Com isso, você não coloca suas finanças em riso e nem fica inadimplente com outras responsabilidades, como contas de água, luz, internet, supermercado, saúde, lazer, etc. Ao definir um valor máximo para pagar todos os meses, você já consegue filtrar as opções e agilizar o processo.

2. Analise o tipo de imóvel

Atualmente, os apartamentos estão sendo cada vez mais valorizados, principalmente em grandes centros. No entanto, isso não significa que esse é o melhor modelo de imóvel, sendo importante considerar o seu estilo de vida, necessidades e preferências. Por exemplo, uma família que gosta de mais espaço e privacidade na área de lazer pode preferir morar em uma casa, enquanto pessoas que prezam por maior segurança optam pelos apartamentos.

3. Escolha o método de garantia de aluguel

Existem diferentes formas de oferecer a garantia de aluguel à imobiliária. O mais comum é o fiador, mas sabemos que nem todas as pessoas podem contar com alguém para se dispor a atuar dessa forma. Justamente por isso, existem outras alternativas, como por exemplo o seguro fiança, oferecendo socorro imediato ao inquilino nas dificuldades financeiras. Além disso, o depósito caução também é uma alternativa interessante. Portanto, estude os prós e contras de cada uma delas para escolher a melhor para você.

4. Conheça suas necessidades de espaço

O preço do metro quadrado é um dos principais pontos considerados para calcular o valor do aluguel. Portanto, se você quer economizar, precisa analisar o tamanho ideal do imóvel que deseja morar. Para isso, verifique se possui muitos móveis e se realmente utiliza todos eles, assim como analisar qual será o papel de cada cômodo na casa. Ou seja, se precisa de um escritório, se irá dividir o imóvel com outra pessoa, etc.

5. Tem filhos?

Se você já tem uma família formada, é primordial que o imóvel atenda às necessidades de todos os moradores. Portanto, procure saber se o bairro conta com escolas, se o condomínio oferece opções de lazer, se será necessário instalar redes de proteção nas janelas, se as regras de barulho são muito rígidas, etc. Tudo isso precisa ser estudado de forma aprofundada antes de assinar o contrato de aluguel para evitar dores de cabeça no futuro.

6. Analise o contrato

É comum que as pessoas assinem documentos sem realizar a leitura. Mas, quando falamos em contrato de aluguel, isso não pode acontecer. Afinal, ele deverá ser seguido à risca ao longo de todo o período e você precisa estar ciente sobres os deveres e direitos de cada parte. Analise se existe alguma cláusula de o locador ter o direito de visitar o imóvel ou de usufruir de um dos quartos, assim como a definição de quem irá pagar os impostos, como IPTU.

7. Saiba o que observar na visita

É muito importante conhecer o local que pretende morar antes de fechar o contrato, assim como você deve conter a animação e analisar pontos importantes, como a qualidade da estrutura do local. Nesse sentido, atente-se à pintura, se há presença de bolor ou manchas na parede, se as portas e janelas estão em bom estado, qualidade da rede elétrica, etc. Faça questão de acompanhar a vistoria e ficar atento a tudo para evitar problemas no futuro.

8. Conte com a ajuda de especialistas

Por fim, mas não menos importante, ter a ajuda de uma imobiliária é essencial para evitar dores de cabeça desnecessárias. Afinal, ela servirá como suporte, orientando em todas as dúvidas que possam surgir ao longo do caminho, além de compreender quais são suas necessidades, preferências, perfil e orçamento. Com isso, irá encontrar o imóvel ideal de forma rápida, além de ajudar com toda a parte burocrática.

Então, agora que você sabe o que analisar na hora de escolher o imóvel certo para alugar, já pode colocar nossas dicas em prática. É importante ter um bom planejamento, assim como contar com a ajuda de uma imobiliária de confiança. Afinal, ao entender quais são suas necessidades, preferências e estilo de vida, ela irá encontrar o espaço ideal com total agilidade e eficiência.

Responder