noComentários

Quais os agentes do mercado imobiliário?

Uma das preocupações, seja de um pequeno empreendedor ou grande fabricante de peças industriais, como válvula de segurança, é escolher o local ideal para a realização das suas atividades econômicas.

A preocupação é válida, já que escolher um imóvel inadequado pode prejudicar as operações e com isso impactar o desenvolvimento e progresso do negócio. Por essa razão, é importante conhecer os agentes do mercado imobiliário para entender a quem deve procurar e também para estar mais familiarizado com o próprio segmento.

Gostou do tema? Está pensando em comprar um imóvel? Então siga conosco para saber quais são os agentes do mercado imobiliário e outras informações.

Principais agentes do mercado imobiliário

Os principais agentes que compõem o mercado imobiliário são:

  • Imobiliárias;
  • Corretores;
  • Agentes financeiros;
  • Construtoras;
  • Incorporadoras.

As imobiliárias são os agentes que intermediam as negociações de compra, venda e aluguel entre proprietários e interessados. Os imóveis podem ser dos mais diversos tipos, como casas, apartamentos, sítios, galpões, terrenos, entre outros, no qual o comprador pode também negociar o imóvel com pertences, que vão desde móveis e eletrodomésticos a equipamentos como uma esteira industrial, quando a aquisição é de um espaço cujo a atividade compõe o uso desse tipo de produto.

É importante destacar que as imobiliárias precisam ser devidamente autorizadas pelo órgão regulamentador, o CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis). Os corretores de imóveis são agentes do mercado imobiliário que atuam geralmente de maneira autônoma. Tal como as imobiliárias, os profissionais realizam a intermediação da negociação entre o dono e o comprador.

Assim como as imobiliárias, os corretores precisam ser credenciados no CRECI, seja para trabalhar como agente liberal ou atuar como profissional em uma imobiliária. Os agentes financeiros são profissionais que têm a atribuição de efetuar processos burocráticos. Ele é muito importante tanto para pessoas físicas quanto jurídicas, pois auxilia  na tramitação de contratos, pagamentos de impostos, entre outros procedimentos.

As construtoras são as que produzem o imóvel, são de fato membros da construção civil, que constroem desde imóveis residenciais e comerciais. Por fim, as incorporadoras são as empresas que tratam de negociar os imóveis elaborados pelas construtoras. Basicamente, são elas que atuam na prospecção dos compradores.

O que avaliar na hota de comprar um imóvel?

A aquisição ou aluguel de um imóvel, seja um galpão para a fabricação de produtos industriais, como um filtro de prensa, por exemplo, ou para morar com a família, é necessário sempre levar em conta alguns fatores relevantes.

Um deles é a localização. A boa localização do imóvel facilita o dia a dia tanto do cliente residencial quanto do empreendedor, que consegue se deslocar com mais rapidez e obter melhor valorização quando for decidir vender o imóvel.

As condições estruturais do espaço são mais uma questão essencial para analisar antes de fechar o negócio. O estado dos pisos, mobiliários existentes, revestimentos, instalações elétricas e hidráulicas, são os principais elementos a serem verificados quanto a sua qualidade e condição.

Taxas e processos de financiamento são outros pontos cruciais em que se deve levar em conta o valor do imóvel e a situação da economia, que pode abrir espaço para melhores negociações.

Termina aqui o nosso artigo, falamos sobre os agentes do mercado imobiliário e o que se deve levar em conta na hora de fechar o negócio. Se gostou do conteúdo, não se esqueça de compartilhar em suas redes sociais

Responder