É possível cuidar de plantas em apartamentos?

É fato que as plantas são de extrema importância para a saúde do planeta como um todo. Contudo, além disso, elas possuem diversos benefícios físicos e mentais quando utilizadas em casa. Sabemos que não são todas as pessoas que podem ter um jardim enorme e muitas vezes deixam de cultivar as plantas por não saberem como cuidar em espaços pequenos como apartamentos. Fato é que elas precisam de cuidados sendo necessário saber quais espécies conseguem sobreviver nesse tipo de imóvel. Sendo assim, hoje vamos falar sobre como é possível cultivar plantas em apartamentos e quais os cuidados necessários para que elas se desenvolvam.

Iluminação

Todas as plantas precisam de luz para realizar o processo de fotossíntese, o que as diferem é a quantidade de luz que necessitam. Sendo assim, para apartamentos, opte por espécies que não exigem regas frequentes e se adaptam na sombra e meia sombra. O primeiro grupo prefere receber luz indireta, que pode ser filtrada por janelas e cortinas. Já o segundo, gosta do sol da manhã ou fim de tarde. Sendo assim, analise a luminosidade do espaço em que deseja cultivar suas plantas e avalie as necessidades de cada espécie adotada. Caso ainda esteja procurando um apartamento, é indicado conversar com sua imobiliária para que ela encontre um imóvel com boa posição solar e você possa cuidar de suas plantas de maneira adequada.

Água

As plantas internas, em sua maioria, não devem ser regadas diariamente, visto que como não recebem incidência de luz diretamente, a água demora um pouco mais para secar. Ainda que cada planta possua suas particularidades e preferências, você pode apostar nas regas duas vezes por semana no verão e uma no inverno, podendo adaptar de acordo com a reação de cada uma. Uma boa dica é fazer o teste do palito todos os dias para que você comece a conhecer melhor a planta e suas necessidades.

Alimentação

Assim como os humanos, as plantas também precisam receber nutrientes para sobreviver, devendo ser repostos periodicamente. Algumas espécies exigem reposição bimestral, semestral, etc, e você pode entender qual o período mais adequado para sua planta quando for comprá-la. Intercale a adubação química com húmus de minhoca e bokashi, visto que a primeira não nutre a terra como um todo.

Quais são as espécies mais adequadas para cultivar em apartamentos?

Agora que você entendeu como cuidar de plantas de modo geral, veja quais espécies são indicadas para apartamentos.

Espada de São Jorge

Uma das plantas que mais se adaptam a ambientes fechados, a Espada de São Jorge é fácil de cuidar, não exigindo regas frequentes e pouca adubação. Ela é ótima para locais com baixa luminosidade e uma decoração diferenciada para cantinhos da sala.

Rosa de Pedra

Um dos tipos de suculenta, essa planta está cada vez mais presente nas decorações de ambientes, visto que seu formato é muito parecido com uma rosa real. As suculentas não precisam de cuidados frequentes, exigindo poucas regas e apenas quando o solo estiver seco. Ainda que goste muito do sol, a Rosa de Pedra também pode ficar na meia sombra.

Cacto

Presente não apenas em decorações, como também no universo da moda, o cacto está cada vez mais em alta. Ideal para apartamentos, ele exige regas mínimas devido à sua origem desértica. Contudo, eles precisam de luz direta do sol pelo menos três vezes na semana, sendo ideal cultivá-lo em varandas e próximo às janelas. No verão, regue apenas uma vez por semana e no inverno uma vez por mês.

Palmeira Ráfia

Ideal para salas de estar ou TV, a Palmeira Ráfia é maior do que as plantas anteriores. Ainda que deva ser protegida do sol, ela precisa de ambientes com boa incidência de luz natural, devendo ser regada apenas quando o solo secar, geralmente uma vez por semana. Para mantê-la sempre bonita, faça a adubação periodicamente.

Begônia

Um tipo de flor, essa planta prefere luz indireta e clima mais quente, sendo recomendado cultivá-la em janelas ou varandas. Para as regas, nunca molhe suas flores e folhas, apenas o solo, podendo ser feita apenas quando ele estiver seco. Adube a cada dois meses com húmus de minhoca.

Zamioculca

Com suas folhas verdes e brilhantes, essa planta se adapta a ambientes com baixa luminosidade, sendo muito indicada para apartamentos. Seu crescimento, contudo, pode ser um pouco mais lento, precisando ter calma e paciência para que ela atinja sua exuberância. Realize as regas de forma regular, borrifando água em suas folhas para ficarem sempre bonitas.

Então, sim! É totalmente possível cultivar plantas em apartamentos desde que você aprenda quais são os cuidados necessários. Além de serem uma ótima opção de decoração, elas ainda podem funcionar como um filtro de poluição em ambientes fechados quando estão próximas da janela. Ou seja, além de um imóvel mais bonito e cheio de vida, você ainda melhora a qualidade do ar para os moradores.

Reply