noComentários

Guardar dinheiro na poupança ou investir na bolsa?

Com tantas possibilidades de investimento nos dias de hoje, fica até difícil saber onde deixar seu dinheiro. Mesmo assim, você deve sair de trás de sua mesa rústica de madeira e conferir, ao menos, a diferença entre poupança e bolsa.

Pensando nisso e nas dúvidas que várias pessoas têm, criamos este texto para ajudá-los. Então, continue com a gente para saber o que é cada um dos itens e qual o rendimento dos mesmos.

O que é a Poupança?

A poupança é uma das modalidades de investimento mais conhecidas em nosso país. É, acima de tudo, de baixo risco e estão associados à taxa Selic, sendo assim, ao deixar ali, é como se emprestasse o montante para o banco para receber, ao longo dos meses, uma porcentagem. O resgate não tem data ou prazo para acontecer.

Desta forma, se precisar retirá-lo para investir em sua empresa de estruturas metálicas, fique à vontade! O ponto negativo é que a porcentagem de ganhos é baixíssima e vem diminuindo ano após ano. Atualmente está em 7,13% a.a.

Como investir na Bolsa?

Inúmeras pessoas podem achar complexo e desafiador investir na bolsa de valores, mas saiba que não é! Basta abrir uma conta em uma corretora de valores, fazer a transferência do montante e escolher os investimentos.

Siga esses três passos primordiais para ter sucesso na empreitada:

  • Abra uma conta gratuita em uma boa corretora de valores (portanto, pesquise com atenção e cuidado);
  • Ter qualquer quantia disponível (e não precisa ser rico, ok?);
  • Estude e saiba a hora certa de investir, para ter maiores rendimentos.

Depois disso, é mais do que óbvio afirmar que você não deve fazer uma espécie de descarte de lixo eletrônico neste conteúdo. Além disso, há a possibilidade de repassar para outros.

Mas e então, onde investir?

Explicamos muito sobre poupança e bolsa, mas ainda não respondemos a pergunta do título. E aí, onde será que vale mais a pena investir?

Não dá para negar que a Bolsa de Valores tem um potencial maior de retorno pois, com ela, o investidor pode sonhar alto. Para se ter uma ideia, houve uma crescimento exponencial de cidadãos que seguem por este caminho. 

Uma pesquisa recente mostrou que mais de 4 milhões de CPFs começaram a investir, totalizando 501 bilhões de reais em investimentos, sendo 1,2 milhão de contas de mulheres e 3,8 milhões de homens. Ao contrário da poupança, que teve a rentabilidade real negativa em -1,84%, e viu o número de pessoas serem reduzidas.

Neste ano, com aplicação de R$100 mil, a poupança renderia R$6.970,00 ou R$580 ao mês. Já com o Tesouro Direto teria R$11.261,30 ou R$938,44 ao mês. Contas e mais contas, detalhes e mais detalhes, mas tudo deve ser levado em consideração para gerar o máximo de receita!

Gostou do conteúdo sobre onde guardar seu dinheiro? Então, conte para gente nos comentários e não deixe de acompanhar as novidades no blog e compartilhar nas redes sociais.

Responder