noComentários

Livre-se de todas as suas dívidas com essas dicas

Antes de elaborar uma estratégia de pagamento de dívidas, você deve fazer uma lista de todas as suas contas e empréstimos atuais, isso será como construir estruturas metálicas que fortalecerão seu dia a dia. Além disso, analise seus extratos bancários e o cartão de crédito dos últimos seis meses.

Sua lista deve incluir o pagamento mensal, saldo total, taxa de juros, prazos e quaisquer outros detalhes relevantes. Quer iniciar uma nova fase e deixar de dever para bancos e outras instituições financeiras? Então, continue com a gente.

Pague mais do que o mínimo necessário

Saia de trás de sua mesa rustica de madeira, analise seu orçamento e decida quanto poderá pagar além do mínimo. Você vai economizar com juros e sairá das dívidas mais rapidamente.

Uma grande porcentagem dos cidadãos brasileiros têm este costume de pagar a taxa básica dos vencimentos nos cartões de crédito. Isso se transformará numa bola de neve em curto espaço de tempo.

Valor máximo na dívida mínima

Este método de pagamento de dívidas pede que você gaste o mínimo em todos os valores, exceto o menor, para o qual investirá o máximo que puder. Desta forma, a eliminará rapidamente e continuará até liquidar tudo.

Digamos que tenha um saldo de cartão de crédito de R$5.000, um empréstimo automático de R$1.000 e R$10.000 em outros empréstimos. Com o método, primeiramente se concentraria em pagar o empréstimo automático, porque ele tem o menor saldo total. Isso irá motivá-lo a se concentrar em uma dívida de cada vez, ao invés de várias, ajudando-o a criar certo costume e permanecer no caminho adequado.

Refinanciar dívida

Muitos podem querer jogar esta dica numa espécie de descarte de lixo eletrônico, mas pense melhor! O refinanciamento da dívida com uma taxa de juros mais baixa pode ajudá-lo na quitação rápida da dívida. E isso vale para empréstimos para compra de automóveis, empréstimos pessoais e estudantis.

Conversando com uma instituição financeira, o montante certamente virá com abatimento na porcentagem mensal se comparado com as dívidas existentes. Isso vale para os cartões de crédito.

Aceite menos do que você deve

Ligue para os credores e negocie o pagamento de suas dívidas e, normalmente, eles dão belos descontos. Embora seja possível cuidar disso sozinho, uma série de empresas terceirizadas também oferecem esses serviços por uma taxa.

Embora pagar menos do que deve e escapar de dívidas antigas possa parecer inteligente, há riscos. Para começar, jamais pare de pagá-las enquanto negociar melhores condições, isso, obviamente, afetará negativamente sua pontuação de crédito.

Reveja seu orçamento

Existem duas maneiras de pagar suas dívidas mais rapidamente: ganhar mais ou gastar menos. Pode não ser viável conseguir um emprego de meio período ou um freela, mas e se rever e reajustar o que gasta?

Confira cada item em seu plano de gastos e organize-os com base em seu nível de importância. Classifique cada item como uma necessidade ou desejo e destaque as despesas que conseguirá reduzir ou eliminar. 

Gostou do conteúdo? Então, conte para gente nos comentários e não deixe de acompanhar as novidades no blog e compartilhar nas redes sociais.

Responder