noComentários

Brand Storytelling, o que é?

A definição de brand storytelling para uma marca é a seguinte: usar técnicas narrativas para envolver o público e moldar a identidade além das abordagens tradicionais de marketing. Ou seja, isso pode ser feito tanto para empresas de automóveis quanto para outras de outsourcing de impressão.

A narrativa da marca oferece a elas uma oportunidade valiosa de se conectar com os clientes e promover seus valores e crenças sem usar técnicas abertamente orientadas para as vendas. Ficou interessado e quer saber mais e melhor a respeito disso? Então, vem com a gente!

Aprofundando-se no brand storytelling

A narrativa da marca é um elemento essencial no “cinto de utilidades” de um profissional de marketing ambicioso em uma época em que os consumidores exigem autenticidade. É como trabalhar em um projeto de instalações elétricas com os melhores do ramo.

As técnicas de brand storytelling que uma marca usa, dependerão do setor, do público e do formato do conteúdo. Eles devem demonstrar o propósito da marca e, além disso, incentivar a pessoa que consome a se conectar com esse propósito e se sentir alinhada com tudo aquilo proposto.

Quando bem feito, isso chama atenção e leva seu nome às alturas.

O brand storytelling pode se concentrar nas seguintes questões: 

  • na história do fundador de uma empresa, 
  • na jornada em que ela passou, 
  • como um produto ou serviço evoluiu ou. 
  • como responder a todos os desafios propostos. 

Outros exemplos de brand storytelling envolvem humanizar uma marca e promover seus valores, contando a história das pessoas da empresa. Além disso, todas elas podem construir confiança, entrevistando clientes ou publicando uma história evocativa do mesmo.

Como usar o storytelling da marca no marketing

Para que todo este processo flua com mais naturalidade, siga estas dicas abaixo. Elas darão brilho e lucidez, como se estivesse usando um detergente concentrado nos planos.

  • Seja autêntico

O consumidor de hoje não se deixa enganar por marcas que não sejam autênticas e originais. O primeiro passo é decidir qual seu propósito e o que representará. 

Esses valores podem não ser exclusivos da sua marca, mas sua missão, visão e valores devem ser críveis e 100% alinhados ao seu propósito.

  • Ouça seus clientes

Seus clientes são as melhores pessoas para moldar o brand storytelling. Você quer que eles se sintam parte do dia a dia e se conectem em um nível emocional com a marca, certo? 

Com o que eles se importam? Que tipo de conteúdo é mais interessante para eles e por quê? O que eles não estão recebendo de seus concorrentes que poderia fornecer a eles? Tudo isso é válido ser respondido e analisado com carinho.

  • Coloque o cliente no centro da história

Um dos maiores erros é posicionar o produto ou serviço no foco central. Ao tornar o cliente o herói e responder às suas necessidades e desejos, você tem uma chance muito maior de atraí-los e convertê-los – e transformá-los em defensores.

Esperamos ter ajudado com essa postagem, caso tenha gostado comente e compartilhe em suas redes sociais.

Este artigo foi desenvolvido pela equipe do Soluções Industriais.

Responder