Qual a diferença entre um CRM e ERP

A gestão empresarial vem criando cada vez mais dados analíticos para facilitar a compreensão dos processos produtivos e efetividade em ações publicitárias de uma corporação.

Graças a esse avanço da inteligência artificial e interligação com o Big Data, é possível aprimorar uma série de leituras, como por exemplo:

  • Quanto de matéria-prima está sendo desperdiçada;
  • Qual porcentagem de reclamação sobre o produto no último semestre;
  • Qual a porcentagem de aprovação desse mesmo produto;
  • Qual é a real capacidade produtiva da empresa;
  • entre diversos outros dados importantes para indústria e comércio.

Entre esses dados mais utilizados do mercado, encontra-se o CRM e o ERP. Foi pensando nas suas diferenças que produzimos esse artigo para melhor informar o nosso leitor. 

Para explicarmos melhor ao nosso leitor, vamos falar um pouco sobre as características de cada um e depois daremos nossa consideração final. Gostou do tema? Então siga conosco e confira.

O que é CRM?

O CRM (Customer Relationship Management) ou “Gestão de relacionamento com o cliente”, é um software desenvolvido para coletar dados e apontar segmentos da atuação entre o relacionamento com os clientes e a conversão de vendas.

Em outras palavras, imagine que você é proprietário de uma empresa especializada no comércio de forno elétrico de embutir, e tem acesso para uma leitura simplificada sobre toda a base de dados de seus clientes, as suas características e as ações que foram mais relevantes para fazer com que ele tivesse interesse no seu produto.

Com isso, o CRM busca fazer com que essa leitura ofereça a oportunidade de uma revisão de ação, ou mesmo ou melhor automatização nesse processo, para que as próximas relações entre a empresa e os clientes em potencial, possam conseguir converter ainda mais em venda.

O que é um ERP?

O ERP(Enterprise Resource Planning), também conhecido como “Sistema integrado de gestão empresarial”, é uma das melhores ferramentas de Big Data dos últimos tempos.

Em suma, ele é um sistema de informação que interliga todos os dados e processos de uma empresa em um único sistema. Essa interligação pode ser vista sob a perspectiva funcional e sob a perspectiva sistêmica.

Com o auxílio do ERP, se você tem uma empresa especializada em tendas para eventos, por exemplo, você tem a oportunidade de coletar dados sobre a performance com fornecedores, dados sobre a coleta e despacho de matéria-prima, quantidade de produtos produzidos com defeitos, entre outros dados. 

Em outras palavras, o ERP é uma plataforma que consiste na interligação de diversos departamentos da empresa em um único local, para que acionistas e gestores possam analisar com mais cautela e precisão.

Apesar das diferenças ERP e CRM precisam trabalhar juntos

Apesar das diferentes finalidades, é importante ressaltar que a gestão de relacionamentos com clientes e o sistema integrado de gestão empresarial precisam trabalhar juntos.

É como se você tivesse uma empresa especializada na fabricação e venda de mesa rustica de madeira, você sabe o comportamento de seus clientes, mas não sabe como a sua empresa pode trabalhar para alcançá-lo, ou mesmo atender a demanda que o mercado necessita.

Daí advém a necessidade de interligar o ERP e CRM, com a intenção de promover uma automação entre o sistema de produção e a relação direta com o cliente alvo.

Gostou desse conteúdo? Então compartilhe para mostrar a mais pessoas e nos siga para mais dicas de marketing empresarial. 

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais

 

Reply