noComentários

3 dicas para quem quer planejar o casamento em outra cidade

Você sonha em casar em algum sítio ou em alguma praia pertencente a outra cidade? Confira algumas dicas para ficar atento na hora de organizar o casório!

Preparar uma festa de casamento é um desafio e tanto. Selecionar quem será convidado, encontrar um espaço que comporte todos com conforto, contratar um bom buffet para servir ótimas refeições, caprichar na decoração do espaço, não esquecer de DJs ou bandas que vão tomar conta da música… Essa é, de fato, uma lista sem fim de tarefas.

O desafio pode ser ainda maior quando o casal deseja se casar em outra cidade. Isso é comum especialmente para quem deseja realizar a festa em um lugar com bastante natureza, como um sítio ou uma praia.

Para esse tipo de festa, é interessante buscar lugares especializados e com infraestrutura suficiente para oferecer uma boa festa. Um exemplo disso é o resort all-inclusive. Se você tem vontade de preparar um casamento assim, veja algumas dicas a seguir!

Antecedência

Casar em outra cidade requer chegar a ela com antecedência. Via de regra, casamento em cidade diferente daquelas em que vivem os noivos dura mais do que um dia — a fim de que todos tenham mais tempo para aproveitar o lugar escolhido, com calma. 

Na véspera da festa, os noivos marcam um jantar com parentes mais próximos na cidade que sediará a festa. Há outros noivos que preferem oferecer um almoço no dia seguinte à festa para familiares e amigos mais próximos.

Preparar uma festa de casamento é um processo que exige energia e leva, em média, um ano. Para casamentos ocorridos em outra cidade, é recomendável avisar os convidados seis meses antes, com o objetivo de que eles possam se programar (ou até programar parte das férias em relação ao deslocamento até a cidade escolhida). Nesse caso, marcar a festa para um feriado pode ajudar.

Custos

Muitas vezes, amigos e alguns familiares desejam muito ir ao casamento, mas os gastos envolvidos para chegar ao local da festa e se hospedar ao sair dela podem dificultar isso.

É verdade que os noivos não têm obrigação de custear as despesas dos convidados, mas é interessante oferecer algumas facilidades a eles — afinal, a alegria de preparar uma festa é compartilhá-la com as pessoas queridas. Por isso, os noivos podem buscar parcerias com hotéis e pousadas na cidade para conseguir alguns descontos aos convidados.

Que tal pagar o transporte dos convidados entre a hospedagem e o local da festa? Isso já ajuda a reduzir os gastos deles. Motivar os convidados a ficarem hospedados em um mesmo lugar facilita a logística do transporte e aumenta as chances de conseguir desconto relacionado à hospedagem.

Garanta assistência

Ao confirmar o nome de todos os convidados que vão comparecer à festa, identifique quais deles precisarão de assistência adicional, tais como pessoas com algum tipo de deficiência ou restrição de mobilidade (como cadeira de rodas e muletas).

Esse é um cuidado essencial para garantir o conforto de todos os convidados. Se você não tiver tempo para cuidar disso, contrate profissionais que tenham experiência. Essa assistência adicional deve ser organizada com antecedência. Lembre-se de que casamento é uma festa grande e exige preparação — tudo o que é deixado para a última hora causa não só mais estresse, mas também sai mais caro.

Organizar uma festa de casamento requer tempo e energia para comparar preços e pensar a logística a fim de garantir que o maior número de convidados compareça à festa. Logo, é preciso contar com bons profissionais, com experiência nesse ramo, para garantir que a festa não cause grande estresse e consiga acolher todos os convidados. Essa é uma data inesquecível e merece uma organização igualmente inesquecível!

Responder