noComentários

Como garantir sua segurança no trânsito?

Entenda porque respeitar a legislação é tão importante e saiba o que você deve prestar atenção antes de dirigir qualquer veículo

Dirigir um carro ou uma moto para se locomover no dia a dia é algo tão automático na vida das pessoas, que muita gente nem reflete sobre isso. No entanto, conduzir um veículo é uma grande responsabilidade que pode colocar em risco a sua vida e também de outros motoristas, ciclistas e pedestres, por isso, a atividade pede cuidados.

Os semáforos, controles de velocidade, equipamentos de segurança para motociclistas e motoristas, faixas de pedestres, placas e demais dispositivos existem por razões importantes. Eles foram pensados por especialistas que consideraram diversos fatores e analisaram cenários. 

Quando a gente está com pressa, algumas dessas regras podem até parecer exagero ou chatas. No entanto, em vez de discutir com todo mundo que dirige qualquer veículo, é importante se assegurar de aderir essas normas, fazendo a sua parte a fim de promover um trânsito melhor para todos.

Todo mundo aprende as regras de trânsito nos cursos para tirar carteira de motorista, mas, além de respeitar as sinalizações e os limites de velocidade, vamos te lembrar de alguns cuidados fundamentais que nunca devem ser esquecidos.

Se beber, não dirija!

Não é à toa que esse virou até um slogan. Diversos estudos provam que, mesmo em pequenas quantidades, o álcool pode alterar os reflexos do motorista, colocando em risco não só a segurança de quem está no carro, mas também de quem está fora dele. Se for beber, vá de transporte público, Uber, táxi, carona, opção não falta.

Não dirija cansado

É verdade que ninguém está completamente descansado na maioria dos dias, mas evite pegar o volante se não tiver dormido bem ou após um dia exaustivo de trabalho, especialmente para percursos mais longos, como viagens.

Revise seu veículo

É essencial que o seu carro ou moto esteja com a revisão sempre em dia, pois isso também pode evitar acidentes. Não se lembra quando foi a última vez que checou se está tudo bem? Esse é um sinal de que, talvez, esteja na hora de fazer isso.

Não use o celular

Digitar ou mandar mensagens de texto pode te distrair e causar acidentes. Mas isso você já sabe. Esse é um lembrete de que mesmo ligações e mensagens de áudio devem ser evitadas, pois, também tiram o seu foco da direção. Se não puder esperar, o ideal é parar em algum lugar seguro.

Preste atenção nos pedestres e ciclistas

Nem só de carros e motos se faz o trânsito, mas também de pedestres e ciclistas. Eles devem trafegar em áreas adequadas para tal, mas é dever do motorista estar sempre atento para evitar acidentes, além de respeitar faixas de pedestres, ciclovias e ciclofaixas.

Motoqueiro: use capacete

Essa é uma dica óbvia, mas que precisa ser ressaltada. Nunca ande de moto sem capacete, nem você, nem quem estiver na garupa nem que seja só para ir até à esquina. Esse equipamento simples pode salvar a sua vida e te resguardar de ferimentos graves em caso de acidentes. 

É importante lembrar que crianças só podem ser transportadas na garupa a partir de 10 anos e devem usar capacete adaptado para a sua faixa etária e tamanho. O capacete adulto tende a ficar muito grande nas crianças, portanto, não oferece proteção adequada.

Motorista: use cinto de segurança

A mesma regra do capacete vale para o cinto de segurança. Nunca viaje sem ele, nem você nem seus passageiros. Esse dispositivo simples impede que você seja jogado para fora do veículo ou sofra ferimentos graves no caso de uma batida ou freada brusca. Não custa nada colocar e salvar vidas!

As crianças menores de sete anos devem usar cadeirinha adequada à sua faixa etária e, após sete anos e meio, devem andar no banco de trás e com cinto de segurança. No banco da frente, só depois dos dez anos.

Responder