Por que falar sobre transtornos mentais é tão importante?

Você sabia que manter um diálogo aberto sobre transtornos mentais é muito difícil em diversas partes do mundo, inclusive no Brasil? Em alguns casos, as pessoas simplesmente têm vergonha de falar sobre seus problemas ou não se sentem confortáveis com o assunto.

Contudo, esse não é o único obstáculo que precisa ser ultrapassado quando esse assunto é tratado! Segundo uma pesquisa divulgada pelo Ibope Conecta (2019), 53% das pessoas acreditam que a depressão não é uma doença!

Se mais da metade da população brasileira não acredita que a depressão, transtorno considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como o “mal do século XXI”, é uma doença, imagina como funciona a comunicação sobre saúde mental no País…

Nesse artigo, você irá entender detalhes sobre o que são os transtornos mentais, a importância de falar sobre eles e algumas dicas para manter a saúde em dia tanto no trabalho quanto dentro de casa!

O que são transtornos mentais?

Os transtornos mentais são classificados como uma disfunção da atividade cerebral, capaz de atingir não só o psicológico de um indivíduo, mas também o físico. Desse modo, eles podem afetar o humor, o raciocínio, o aprendizado, a comunicação e, em alguns casos, causar diversas dores pelo corpo.

É importante citar que esses ainda não são os piores cenários que podem ser atingidos quando falamos dessas doenças. Em alguns casos, os transtornos podem causar perda de memória, esquizofrenia, tristeza profunda, falta de vontade de viver e, no pior cenário, levar ao suícidio, a segunda principal causa de morte de jovens entre 15 e 29 anos.

De um modo geral, os transtornos mentais podem ser classificados de diversas maneiras e graus, sendo que os mais comuns são doenças como ansiedade, bipolaridade, demência, estresse pós-traumático, crises de pânico, depressão e transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).

Por serem doenças silenciosas, é muito difícil que alguém que acompanha de fora consiga entender sobre os impactos dela no dia a dia de quem sofre. Para você ter noção, a simples tarefa de alugar gerador de energia pode ser um tormento para uma pessoa que sofre de ansiedade.

Além disso, as causas por trás do desenvolvimento dos transtornos mentais podem ser muito diversas, que vão desde questões genéticas até pressões diárias! Você sabia que a sobrecarga de trabalho impacta muito a saúde mental? Por isso, essa questão precisa ser debatida em todos os âmbitos, inclusive no empresarial.

A importância de tratar sobre o tema

A comunicação é a forma mais efetiva de transmitir nossos desejos, informações, fatos e ideias. Ela é capaz de nos orientar a buscar novos conhecimentos e até mesmo nos permitir ajudar ao próximo.

Se velarmos um determinado assunto, as chances dele não ser considerado importante é muito grande! Quer ver um exemplo prático? A primeira patente de uma pistola pulverizadora de pintura foi feita em 1876. Sim, no século XIX, mas ela só passou a ser conhecida mundialmente nos últimos anos!

Por isso, não dá nem para julgar quem não acredita na existência dos transtornos mentais! Eles foram minimizados, tidos como tabus e nomeados como “frescuras” durante tanto tempo que se torna complicado colocar na cabeça das pessoas a gravidade dos problemas e a importância de falar sobre eles!

A orientação é o primeiro passo para as pessoas que não acreditam neles começarem a entender sobre o assunto e perceber a importância desse diálogo. Existem até mesmo grandes campanhas para isso, como o Setembro Amarelo, que é dedicado à debates sobre a prevenção do suicídio.

Além disso, é essencial ressaltar a importância de contar com suporte especializado, que pode ser feito por psicólogos, psiquiatras e psicanalistas. Esses profissionais estudaram e estão aptos para realizar o diagnóstico dos transtornos mentais, bem como realizar o acompanhamento dos pacientes.

Dicas para manter a sua saúde mental em dia

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a saúde mental está relacionada a “um estado de bem-estar no qual um indivíduo percebe suas próprias habilidades, pode lidar com os estresses cotidianos, trabalhar produtivamente e ser capaz de contribuir para sua comunidade”.

Por mais que os transtornos mentais existam e estejam presentes diariamente na vida de uma parcela significativa da população, existem meios de contornar alguns sintomas e manter a saúde mental em dia, o que contribui diretamente para melhorar a qualidade de vida.

Pense em um carrinho de compras condomínio. Se você colocar mais mercadoria do que a capacidade permite de duas, uma: ou ele irá quebrar ou os produtos irão cair. A mente humana não funciona muito diferente, se você lotá-la de coisas ruins, mais difícil será lidar com os problemas psicológicos.

Existem algumas dicas bem simples para conseguir otimizar os seus dias e que podem ser desenvolvidas por qualquer pessoa! Acompanhe a lista para saber as principais:

  • Sono em dia;
  • Atividade física;
  • Alimentação saudável;
  • Contato com a natureza;
  • Tempo para o esporte e lazer;
  • Momentos com pessoas que ama.

Gostou do nosso post sobre a importância de falar sobre transtornos mentais? Visite nossa categoria, onde falamos mais sobre o assunto e compartilhe com os colegas e deixe o seu comentário!

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Larissa Rhouse,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.

Reply