noComentários

Principais parques de Porto Alegre

Os parques da capital gaúcha oferecem opções de lazer, prática esportiva e flora diversificada

Quem está visitando Porto Alegre, ou mesmo quem mora na capital gaúcha, não pode deixar de conhecer alguns dos diversos parques que a cidade abriga. Esses passeios permitem conectar-se com a natureza, fugir da correria do dia a dia e ainda estimula a prática de exercícios, já que eles contam com diversas opções de lazer ao ar livre.

Uma das possibilidades de conhecer alguns desses parques é apostar no serviço de aluguel de bicicletas em Porto Alegre. Dessa forma, é possível conhecer melhor as belezas desses recantos da capital gaúcha se deslocando de maneira fácil, sem estresse e ainda ter benefícios para a saúde. Conheça as melhores recomendações de onde visitar abaixo.

Parque Moinhos de Vento

Repleto de área verde e espaços com sombra, o Parque Moinhos de Vento, popularmente conhecido como Parcão, é um excelente passeio para a família. Ele conta com diversas opções de lazer para a prática de exercícios, que inclui aparelhos de ginástica, pista para jogging, quadras de vôlei, futebol e tênis, além de pista para patinação.

A área de recreação das crianças é equipada com brinquedos artesanais, que são feitos utilizando toras de eucalipto. Outra atração para a criançada é a Biblioteca Ecológica Infantil Maria Dinorah, que abriga mais de 2 mil títulos de literatura ecológica e infanto-juvenil, além de jogos educativos.

Um aspecto que torna o parque ainda mais especial é a réplica de um moinho de vento açoriano, que remete aos que eram comuns nos primórdios da cidade — por isso, o nome do local. O Parcão ainda conta com um lago artificial, que é habitado por marrecos, gansos, tartarugas e peixes.

Parque Natural Municipal Saint’Hilaire

Esse parque, localizado na divisão entre Porto Alegre e Viamão, é uma homenagem ao naturalista francês Augustin François Cesar Provençal Saint’Hilaire. Ele foi o responsável por escrever a obra “Viagem ao Rio Grande do Sul”, de 1820, em que relatou os aspectos sociais e naturais do estado.

Abrigando mais de 50 nascentes, ele desempenha um papel fundamental na conservação da bacia hidrográfica da região. O parque é dividido em uma área de preservação permanente, que tem 950 hectares, e outra para recreação pública, com 230 hectares. 

O visitante tem a oportunidade de conhecer mais sobre a flora e fauna e desfrutar de outras áreas, como campos de futebol, quadras de vôlei e praças. Há até mesmo quiosques com churrasqueiras para uso gratuito.

Parque Farroupilha (Redenção)

Antigamente, ele era conhecido como Campos da Redenção, em homenagem à libertação de pessoas escravizadas na capital. O novo nome surgiu durante a Exposição Comemorativa do Centenário da Revolução Farroupilha, em 1935. Já em 1997, o Parque Farroupilha foi tombado como patrimônio cultural histórico paisagístico e natural da cidade.

O local conta com mais de 10 mil árvores, incluindo espécies de tipuanas, pitangueiras, jacarandás e paineiras. Com belas paisagens e amplos espaços, ele convida o visitante a conhecer e aproveitar um dia ensolarado para fazer um piquenique. Para as crianças, há a oportunidade de fazer um passeio de pedalinho no lago ou de trenzinho no meio das suas áreas verdes.

O Parque Farroupilha também conta com diversos jardins, como o Alpino, Europeu e Oriental, o que o torna ainda mais bonito e cativante. Ele ainda tem um orquidário, muitos monumentos e uma fonte luminosa.

Jardim Botânico

Localizado no bairro de mesmo nome, o Jardim Botânico é um local especial para quem deseja aprender mais sobre a flora. Ele abriga uma grande diversidade de plantas, todas elas identificadas e catalogadas, aspecto que permite que os visitantes possam conhecer mais sobre seus nomes e características.

Ao longo dos seus 39 hectares, há canteiros de flores, lagos habitados por cisnes, tartarugas e peixes, além de 5 mil árvores. Para conhecer mais sobre a botânica, há um orquidário e atividades educativas ministradas pela equipe do parque. Entretanto, as plantas medicinais e envasadas têm visitação permitida apenas para pessoas com interesse científico ou educacional, com a visita sendo agendada com antecedência.

Parque Germânia

Por fim, o Parque Germânia homenageia a imigração alemã, bastante influente na cidade e no estado do Rio Grande do Sul. Ele fica próximo a três shoppings, o que torna ele um local interessante para passear junto da família, com as crianças podendo desfrutar dos três playgrounds, além das opções de lazer que incluem quadras de vôlei, basquete, tênis, futsal e até cancha para bocha.

Outras opções de prática esportiva incluem pistas para caminhada e corrida, espaço exclusivo para cães, recanto de jardins e um lago, excelente para fazer um piquenique e descansar.

Responder